O atendimento como parte da estratégia da empresa.

Existe uma velha máxima que diz que o cliente sempre tem razão, e existem várias empresas que vivem colando esse tipo de frase em todos os lugares, falando sobre elas em todos os treinamentos e tentando fazer o máximo possível para viver o sonho dourado do cliente bem atendido mas, na prática, na hora do “vamos ver”, elas falham miseravelmente a realidade dessa afirmação.

Atender bem o cliente e transformar isso em um diferencial competitivo exige mais do que falar, pregar ou evangelizar sobre o assunto. É preciso atitude de verdade.

Quando uma empresa decide que o bom atendimento ao cliente vai ser a base da sua estratégia, você precisa ir além e transformar isso em parte do Core Business da empresa, em um elemento essencial da cultura da organização.

Isso não significa que o cliente sempre tem razão, significa que todos dentro da organização, da faxineira ao CEO, vão trabalhar, se dedicar e doar o máximo de si para que o cliente seja respeitado, bem atendido e que tenha as suas expectativas, no mínimo, sempre realizadas.

Isso significa que:

  • O seu S.A.C não vai ter como missão primária se livrar do cliente;
  • Se o produto deu defeito, a empresa vai trocar sem exigir que o cliente percorra uma via sacra para provar que tem razão;
  • Se um funcionário gasta mais tempo no atendimento a determinado cliente, ele vai ser elogiado, não punido;
  • Vender o que o cliente precisa é mais importante do que vender o que o vendedor deseja;
  • A satisfação do cliente é mais importante do que bater a meta;

Em suma, significa que o atendimento ao cliente e a satisfação dos seus desejos e necessidades vai ser o que constroi fidelização, defesa da marca e indicações. Que a sua marca vai ser sempre a opção mais simples e confiável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *